(21) 99506-0947 (21) 2240-0079

Projeciologia

O Fenômeno

A projeciologia é um dos muitos fenômenos estudados pela Ciência Parapsicológica.  Como ciência nova, a Parapsicologia chama esse fenômeno Experiência Fora do Corpo,  o mesmo que Viagem Astral (esoterismo), Projeção Astral (Teosofia), Desdobramento (Espiritismo), Projeção do Corpo Emocional (Rosa Cruz) e Projeciologia.  Na realidade é tudo a mesma coisa.

O Ser Humano quer acredite ou não nesse fenômeno, passa por ele quase que diariamente, isto porque o fenômeno de Desdobramento extrafísico pode ser consciente (quando provocado com técnicas) ou inconsciente (durante o sono).  Não importa se a religião da pessoa ou suas próprias convicções filosóficas desacreditem  desse fenômeno, ele existe e isto é um fato consumado.

A Ciência e a Projectologia – Nenhuma ciência é completamente objetiva

O modelo mecanicista de perceber a realidade surgiu da visão Newtoniana-Cartesiana, gerando o comportamento humano nos campos filosóficos, o econômico, social e etc.  A Ciência passa, a partir daí, a ser regida por rígidos modelos de regulamentos mecanicistas, fisicalistas etc.  Com o advento da revolução científica no século XVII, inicia-se o experimentalismo, a necessidade da verificabilidade  dos testes das hipóteses.  Dessa forma a Ciência é vista como neutra e intocável.  Tempos após essa neutralidade começa a ser questionada.  A ciência interessa-se pela objetividade e nega a subjetividade, afastando o pesquisador dele mesmo ao rejeitar a introspecção como modelo válido para a investigação científica gerando a divisão entre pesquisador e pesquisado.

A dica de Jesus

O incontestável mestre Jesus em sua sapiência disse: “Vós sois Deuses”.  Isto quer dizer que o Ser Humano é movido ou dotado de algo que o faz semelhante a deuses.

Esta parte abstrata e invisível pela percepção física foi instrumento para o aparecimento de n religiões.  A pesquisa  científica no abstrato foi velada resultando na  ignorância de muitos que utilizaram a crença cega  como meio de vida.

A Projectiologia no 3º Milênio

Felizmente os estudos avançaram em três velocidades: parado, devagarzinho e devagar.  Contudo, avançou.  Percebemos um número cada vez maior de pessoas de alto nível intelectual e livre de dogmas e crenças místicas, interessando-se em desvendar o mistério desta energia que move o Ser Humano.

A medicina tem relatado sem explicar como e porque algumas pessoas quando se encontram anestesiadas na UTI conseguem  não só ver seus próprios corpos como relatar todos os procedimentos cirúrgicos  (sem que entendam de tais procedimentos).  Mais do que isso, relatam quem está sendo operado em outra sala de cirurgia no mesmo intervalo de tempo.

A Energia Inteligente e a Projectiologia

Se separarmos o termo alma e espírito que se encontram demasiadamente amarrados às religiões e, usarmos no lugar destes, o termo Energia Inteligente, quiçá possamos aceitar e entender melhor a projeciologia.

É essa Inteligência a qualidade vital que torna a manifestação possível.

Essa Inteligência atua em interação com o meio ambiente físico e metal.  Quando sua atenção está voltada para o ambiente, apresenta-se em sincronia com o tempo e espaço, diz o parapsicólogo metafísico Pedro.   Segundo ele, quando essa Energia é dirigida ao  plano mental, não há que se preocupar em obedecer à seqüência linear de eventos, pois a manifestação é puramente energética – irradiante e interdimensional, manifestando-se através da velocidade do pensamento e  rompendo a barreira do tempo.

Você já saiu do seu corpo, afirma ele

Quem vivenciou essa experiência compreende bem o que eu disse acima.  É fácil de perceber os níveis de consciências que o Ser Humano possui e que se interagem.  Quando atrelada ao físico a Inteligência adquire conhecimento  e evolui relativamente.  Na realidade o Ser Humano é constituído de muitos mundos e a inter-relação destes distintos mundos demonstram a realidade do físico  com a realidade da Força Inteligente extrafísica.  A Ciência se esforça para analisar  essa interação desses mundos.  Como exemplo, o aparecimento da medicina psicossomática que dentre outros busca identificar que o problema mental pode ser o provável fator  causador de uma disfunção orgânica.

Diferença entre sono e projeção – Provas Científicas

As organizações paracientíficas mais renomadas nessa pesquisa são a American Society For Phychical Research e a Metascience Foundation.   Ambas obtiveram resultados surpreendentes e irrefutáveis de que a Força Inteligente (Energia ou o Aura) abandona o corpo físico  sob determinadas circunstâncias e, principalmente, durante o sono fisiológico.  Das pessoas que se submeteram a essa pesquisa, os testes revelaram que o fenômeno pode ocorrer em três níveis de consciência: a) Total Consciência; b) Semiconsciência; e c) Inconsciência.

Todos os testes apontaram para características que diferenciaram o sono da projeção: enquanto no sono foram registrados 70 movimentos por noite, na projeção a paralisação foi total.  Enquanto no sono, através da leitura do polígrafo, há movimentos oculares, na projeção não há atividade ocular.  Enquanto durante a observação em laboratórios de sono, não ocorre alteração da coloração da pele, na projeção nota-se aparente ausência de vida, caracterizada por uma palidez mórbida.  Enquanto o sono é o habitat dos sonhos, na projeção de maneira consciente, torna-se marcante e não existe intercalação de outro estado alterado de consciência, seja o sono, a hipnose (hipnagogia) e a hipnopompia.

Estes são apenas alguns entre muitos pontos que diferenciam o sono da projeção extrafísica.

Conclui o pesquisador que se pode definir esse magnífico fenômeno como a capacidade de que  todos nós temos de atuarmos –através de um corpo psicossomático e do corpo mental- livremente sem restrições físicas do cérebro e de todo o corpo biológico.

Perigos a serem considerados

Para projetarmos conscientemente é necessário técnica e alguns cuidados fundamentais, pois encontramos nos mundos extrafísicos a mesma variedade de consciências que existem no mundo físico.  Para isso é fundamental você eliminar o medo se auto-sugestionando com a frase: Sou mais perigoso(a) que o perigo.  Além disso, existem muitos outros procedimentos.

A técnica

Dentre as diversas técnicas relatarei apenas uma, como segue:

1) Relaxe durante  60 segundos;  2) Inspire devagar;   3) Relaxe;    4) Segure a respiração;     5) Expire bem lentamente; 6) Use três segundos para inspirar, prenda a respiração por 6 segundos e expire em 9 segundos (não mais que 9 segundos); 7) Repita tudo outra vez observando o ritmo: 3, 6 e 9. (3 para dentro, 6 segurando e 9 para fora).

Advertência

O ideal é que a pessoa tenha bons conhecimentos  de como a mente funciona, o padrão do fenômeno gerado na mente, bons conhecimentos de Parapsicologia para observar o fenômeno como um todo e não em separado evitando os perigos que possam  advir dessa experiência.  Existe todo um ritual a ser observado.

Publicado em: 13 de agosto de 2018 por

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe!

Sobre o Autor

Pedro Medeiros é Diretor Operacional do Núcleo de Ciências Herméticas Método Pedro Medeiros onde atua também como Professor e Hipnoterapeuta. Ver Mais

Leia Também

Todos os Artigos